A preguiça faz parte do ser humano? A preguiça por si só não é necessariamente intrínseca ao ser humano. Nós é que temos uma tendência inata para procurar um estado de pouca tensão”